DHTML Menu By Milonic JavaScript
Publicidade
 
Enquete
Os canais eletrônicos cada dia mais estão ganhando espaço. Você acredita que:
Os canais eletrônicos substituirão as agências de viagens
É apenas uma ferramenta temporária
Substituirão as agências parcialmente
Não são confiáveis
São confiavéis e vieram para ficar.
Resultado Parcial
 
Sua Opinião
Gostou do site? Sua opinião é muito importante:E-mail:
Dê sua Opinião:

 
  
 
Vitrine News
 
 
Reportagens Interativas - Em Manchete - Artigos VH
Artigos VH
Tamanho da letra
A-
A+

17/7/2008 Montando uma pousada.

Ricardo Pérez é Superintendente de Operações e Implantação do Grupo Solare.

Se você esta lendo esta matéria, tudo indica que você está em vias de abrir seu próprio negócio ou saber como.
Você começa certo, pesquisando e obtendo conhecimentos que serão decisivos em todas as etapas daqui para frente. Esta matéria apresentará um esboço do que você precisa saber e praticar para melhorar suas chances de sucesso. Portanto, não é possível, nem é o propósito deste material apresentar uma receita completa para exploração de Pousada. Afinal, esta receita não existe. Mas chamaremos sua atenção para os aspectos fundamentais que você precisa saber e para as habilidades que precisará desenvolver ao atuar com este tipo de negócio.


Muitos são os caminhos que levam ao sucesso destas empreitadas. Contudo, também são muitas as possibilidades de falhas. Assim, procure identificar o maior número possível de empresas que atuam neste ramo de negócio e descubra tudo sobre a forma de como operam.
O sintoma para a empresa fracassar é apresentar sinais de que foram deficientes principalmente em duas questões fundamentais: planejamento prévio ou estruturação do negócio e gestão.


São aspectos para os quais você realmente precisa se desafiar. Todo esforço que fizer para aprender, tanto com as empresas que alcançaram sucesso ou com as empresas que fracassaram, será o seu mais importante investimento, o que realmente sustentará a viabilidade de seu negócio. Queremos dizer que é necessário conhecer o melhor possível este ramo de negócio.


Se você já atuou no ramo seja como empresário ou como empregado, não pense que sabe tudo. Visite o maior número possível de Pousadas, converse com os proprietários e empregados, confira as diferentes percepções sobre o mercado, sobre as dificuldades.
Agora, se não for do ramo, terá de aprender muito e o melhor caminho é pesquisar, conversar com as pessoas do ramo e questionar até entender o melhor possível como se ganha dinheiro com Pousada. O objetivo é este mesmo, aprender como se ganha dinheiro com a exploração empresAR de uma Pousada.


É normal pensar que fazer amizades ou interagir com empresários do ramo é difícil, pois estes não darão informações sobre as características do negócio. Não é verdade! As pessoas gostam de trocar idéias e falar das dificuldades; basta ser franco na conversa, se apresentando e explicando sua situação. Para começar busque empresas em bairros distantes ou até mesmo em cidades vizinhas pois assim ninguém se sentirá ameaçado.

O resultado desta fase é você formar idéias e estar convicto sobre o projeto de sua Pousada. Ao contatar outras empresas você deve buscar elementos para responder as seguintes questões:
•Onde será localizada a Pousada que quero abrir?
•Como será o processo de “Venda”, isto é, como conseguir clientes na quantidade necessária?
•Como será o processo para ocupação do espaço no mercado com clientes, concorrentes e fornecedores?
•Como será a operação da Pousada de forma a satisfazer e surpreender os clientes?
•Como será sua equipe de funcionários?
•Como será seu formato de gestão? (Isto inclui fixar metas, elaborar planejamento para realizá-las, apurar resultados, corrigir rumo, obter a colaboração da equipe de funcionários e desenvolver capacidade para aproveitar as oportunidades do dia-a-dia).
•Quando sua Pousada estiver funcionando você pretende ter férias regulares? Quem cuidará do negócio neste período? Você ficará tranqüilo durante as férias?
•Você pretende montar outros negócios? Outras empresas?
•Este realmente é um bom negócio para o tipo de pessoa que você é?
Em resumo, responder a estas questões permitirá a você um mínimo de domínio sobre este negócio e o ajudará a ter chances reais de viabilidade. Com pesquisas, estudo e identificação da prática do dia-a-dia você construirá suas próprias respostas.
Este realmente é um bom negócio? O primeiro ponto sobre o qual você precisa ter certeza, é quanto à oportunidade de negócio que identificou. Será que você realmente tem uma oportunidade de negócio nas mãos ou apenas uma idéia na cabeça?


Para começar, você precisa confirmar a existência de interessados em comprar os serviços que pretende oferecer na Pousada por um preço que compense todos os seus custos e dê lucro,
Identificar estas questões, refletir sobre elas, obter resposta para cada uma delas e conseguir as condições necessárias para realizá-las é o que chamamos de planejamento prévio do negócio.


O Plano do Negócio do seu empreendimento deverá esmiuçar as questões anteriores, estudar, compreender e dominar para que você seja hábil o suficiente para tomar decisões corretas como empresário do ramo de Pousada.
Um Plano de Negócio pode ser entendido, como um conjunto de respostas que define os serviços que serão oferecidos, o formato de Pousada mais adequado, o modelo de operação que viabilize a disponibilização destes serviços e o conhecimento, as habilidades e atitudes que os responsáveis pela Pousada deverão possuir e desenvolver.
O fundamento aqui é que os serviços devem atender necessidades de pessoas ou empresas. No caso dos serviços que você pensa em oferecer, como descobrir se existe interesse de pessoas ou de empresas? O estudo do mercado, ou seja, da concorrência, dos fornecedores e dos clientes em potencial será a parte principal do seu projeto de empresa, do seu Plano de Negócios.


Os trunfos da concorrência devem ser identificados. O que deve ser oferecido aos clientes que seja um diferencial, que seja mais atrativo do que a concorrência já oferece. Observe que sempre é possível ser melhor ou se igualar aos melhores concorrentes. Se o nível tecnológico igualar as empresas, supere em serviços agregados, isto é no atendimento ao cliente.


Veja quantas perguntas, quantas dúvidas aparecem no projeto de sua empresa. E isto é apenas uma amostra. Com certeza, ao se aprofundar no estudo das características do negócio, muitas outras questões surgirão. Elaborar um plano de negócio é o passo mais importante que você pode dar. Existem muitos cursos no mercado
que ensinam como elaborar um plano de negócio.


Perfil do Autor
Ricardo Bonfim Pérez,Superintendente de Operações e Implantação do Grupo Solare.

clique para ampliar
O paulista Ricardo Pérez, 40 anos, atuando na hotelaria há 12 anos,hoje responde pela gerência de desenvolvimento e implantações do grupo hoteleiro Solare, genuíno do Maranhão, porém com forte prospecção também na região Norte do país. O executivo formou-se em Administração, Contabilidade e fez cursos de especialização em Controladoria Hoteleira. Sua trajetória profissional no mercado hoteleiro teve início em 1995 na Accor Hospitality ,onde sua missão era acompanhar e sugerir melhorias nos serviços realizados pelos Gerentes Geral e Controllers. Quatro anos após, respaldado pela experiência adquirida, lançou-se ao negócio solo, abrindo a PHS Administração Hotéis e Serviços, consultoria hoteleira especializada em otimização de custos, com know how administrativo, operacional e recursos humanos. Naquele mesmo ano, recebeu convite do Grupo Bompreço, para implantar seu primeiro Hipermercado na cidade de São Luís, “implantar um produto deste porte e com sua agressividade comercial nos agrega novos valores”, enfatiza em orgulho genuíno de quem cumpriu a missão . No ano seguinte ,já de affair com o Maranhão, Perez fixa raízes em São Luiz e volta a atuar na hotelaria desenvolvendo e implantando o hotel Abbeville da Skina Hotéis , que seria sua primeira experiência em implantação e desenvolvimento de projeto, “Eu já havia participado de várias conversões na Accor, e este foi um projeto que desenvolvi por completo” , ressalta.
No início de 2001 , Perez recebeu o convite para implantar em São Paulo o Caesar Park e Caesar Business do Grupo Posadas. De volta à sua terra natal, diz que naquele projeto seu “ maior desafio foi a climatização das normatizações e políticas vindas da matriz do México”. Isso não foi tudo, ele teve ainda a oportunidade de exercitar o conhecimento comercial e consegui sem custo o estoque de US$ 130 mil. Neste mesmo ano foi chamado para fazer uma conversão de bandeira para a Atlantica Hotels, sendo visto como coach de equipe, criativo e estrategista. Assumiu a gerência operacional da Bristol Hotels em 2004, tendo por 2 anos a responsabilidade de 8 empreendimentos. Antes, desenvolveu trabalhos na Best Western e Stream Hotéis.
Atualmente como gerente de desenvolvimento e implantação do grupo Solare, suas responsabilidades incluem as áreas de desenvolvimento, implantação de novos hotéis, bem como o acompanhamento dos projetos nas fases de conceitualização, construção e pré-operacional. “Já fechamos contrato para administrarmos mais 12 hotéis até 2010”.
O executivo é casado com a também hoteleira Meire Perez, tem uma filha, Bárbara, de 15 anos. A família Perez vive em São Luís, “A cidade é muito atraente, aqui encontramos diversidade cultural, gastronomia extremamente agradável e beleza natural que encanta a todos os turistas que por aqui passam”. Ainda segundo Perez, São Luís conta com uma estrutura completa para eventos e congressos.


Dados de Contato:
Telefone: (98) 2109-5220 - Fax: (98) 2109-5239
Web Site: ricardo@gruposolare.com.br E-mail: ricardo@gruposolare.com.br
Leia outros artigos deste colaborador.

 
 
       
         
 
Direitos Reservados © 2010 | Vitrine Hotel.com.br
Publicidade